Identificadas 117 vítimas dos mais de 150 mortos em tragédia de Petrópolis

Após quatro dias do forte temporal que atingiu a cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, as equipes continuam nas buscas por pessoas desaparecidas e o Instituto Médico Legal (IML) trabalha na identificação dos corpos das vítimas das enchentes e deslizamentos de terra. Neste sábado, a Polícia Civil atualizou a identificação de 117 vítimas de mais de 150 mortos na tragédia. Até o momento, o registro da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) contabiliza 191 desaparecidos.


O IML recebeu os corpos de 89 mulheres e 55 homens. Do total, 27 são menores. De acordo com a Polícia Civil, 107 foram liberados e entregues a funerária. Dezessete corpos identificados ainda aguardam preenchimentos de documento de óbito dos familiares para serem enterrados e 11 estão liberados à disposição da funerária.


O Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos, do Ministério Público do Rio (PLID/MPRJ), cadastrou, até a tarde deste sábado, 120 registros de desaparecimentos. Desses, 23 pessoas foram localizadas com vida (em casa de parente ou retorno voluntário). Seis das pessoas cadastradas morreram. Permanecem em aberto 91 solicitações para localização.


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais