Homem interrompe audiência papal aos berros; Papa Francisco reagiu com serenidade

Um homem interrompeu a audiência geral do Papa Francisco no Vaticano nesta quarta-feira (2), gritando “Esta não é a Igreja de Deus!”, em inglês, e acenando com uma máscara médica que ele havia removido do rosto antes de ser levado pela polícia, disse uma testemunha para a Reuters.

O homem, que parecia ter por volta de 50 anos, também foi ouvido gritando a palavra “máscara”. Ele estava sentado sozinho no fundo da sala de audiências, longe da seção onde a maioria das pessoas estava sentada. Depois de seus gritos, a polícia o conduziu para fora da sessão. Ainda não há novas informações sobre o caso.

O Papa ouviu os gritos, mas não ficou claro se ele entendeu o que o homem estava dizendo. Depois que o homem foi levado pelos oficiais do Vaticano, o pontífice pediu aos presentes na sala de audiências que se juntassem a ele para fazer uma oração pelo homem.

“Há alguns minutos ouvimos um homem que gritava, berrava, que tinha algum tipo de problema, não sei se é físico, psicológico ou espiritual –mas é um irmão nosso que tem um problema”, disse Francisco.

“Gostaria de terminar rezando por ele, por nosso irmão que está sofrendo, pobre homem, porque se ele estava gritando, é porque está sofrendo”, afirmou Francisco. “Não sejamos surdos às necessidades deste irmão.”

Reuters


Reação do papa durante a audiência. Print de imagens da Reuters

Leia Também

Morre o prefeito de Pedro Juan Caballero, após ser vítima de um atentado

Leia Mais

Elon Musk chega ao Brasil nesta sexta para reunião com o presidente Bolsonaro

Leia Mais