Homem é condenado por andar em público e sem máscara depois de contrair Covid

Um homem foi condenado no interior de São Paulo por danos morais coletivos ao não respeitar o isolamento social e medidas de prevenção depois de contrair a Covid-19. A condenação, expedida pela 2ª Vara de Adamantina, foi publicada nesta sexta-feira (21).

Em março de 2021, o homem, diagnosticado com a Covid-19, foi visto em público sem máscara de proteção e acompanhado de outras pessoas, diz a sentença.

Autoridades identificaram o homem furando a quarentena, lavraram um auto de infração e registraram boletim de ocorrência.

Julyanne Jucá, Raphael Coraccini – CNN

Leia Também