Governador do Rio confirma reajuste de 10% para todo o funcionalismo

O governador do Rio, Cláudio Castro (PL), anunciou, nesta quarta-feira, 1º, um reajuste salarial de aproximadamente 10% para todo o funcionalismo público, incluindo pensionistas, aposentados e inativos, a partir do pagamento de fevereiro do ano que vem. A declaração foi dada durante entrevista coletiva na Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio.


O chefe do Executivo estadual afirmou que, após sete anos sem reajuste, a correção será aplicada a partir do salário com vencimento em janeiro, que será depositado no início de fevereiro. “O salário de janeiro, no começo de fevereiro, já terá reajuste de mais de 10% para todo mundo, depois de sete anos sem reajuste, vamos dar para todo funcionalismo, é uma conta de R$ 3 bilhões por ano”, afirmou Castro, que já havia anunciado, na última segunda-feira, 29, que o primeiro salário de 2022 viria com aumento.


Castro ainda afirmou que esse dinheiro é fruto de atividade econômica de recuperação do Estado. “Esse aumento é sem contar com dinheiro da Cedae, é em cima de atividade econômica de recuperação do estado. A gente está dando a recomposição salarial, que é permitida no regime de recuperação. Será o  Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do ano, que é para todos, ativos e inativos e pensionistas, e ele respeita 100% o regime de recuperação fiscal”, declarou.


Além do aumento salarial, o governador ainda prometeu um reajuste no auxílio alimentação. Ele ainda falou sobre a data de pagamento dos salários.


“O que a gente está falando aqui é de dedicação, honra e de vida, e não dá para falar isso e não cuidar do policial. Já conversei com o delegado Carlos Augusto, isso é uma promessa minha, ano que vem vai ter o reajuste da alimentação de vocês. Óbvio que vai ter. Tem uma série de vitórias que a gente tem que ir galgando no dia a dia. Ano que vem acabou esse negócio de 10° dia útil, você tem o direito de saber quando vai receber”, afirmou.


Thuanny Dossares, O DIA

error: CONTEÚDO PROTEGIDO