Governador do Rio afirma que respeita polícia, servidor, população e pessoa com deficiência

O governador Cláudio Castro e o presidente do Detran-RJ, Adolfo Konder, inauguraram, nesta sexta-feira, o primeiro posto do Brasil exclusivamente voltado para o atendimento de pessoas com deficiência.

O espaço, localizado na Avenida Francisco Bicalho, no Centro do Rio, passou por uma reforma e foi todo adaptado para receber este público.

A cerimônia contou com a presença de deputados federais e estaduais, entre eles Rodrigo Amorim (PSL), Marcus Vinicius Neskau (PTB), Leo Vieira (PSC) e o deputado federal Otávio Leite (PSDB).


Durante seu discurso, Castro defendeu que faz um governo de união e saudou os deputados presentes. O governador disse que em seu governo respeita a polícia, o servidor, a população e a pessoa com deficiência. “Essa união não começa entre mim e os secretários, mas entre o Governo do Estado e a Alerj. Poderia dar muito mais resultados, mas infelizmente nem todos lá aparecem”, afirmou.


O governador reconheceu que mais estruturas devem ser adaptadas para pessoas com deficiência. “Não é o posto que resolve tudo. São ações diárias. Nossas repartições públicas ainda não são adaptadas. O grande deficiente é o espaço que a gente vive, que não permite que a pessoa tenha vida só porque tem uma deficiência”, afirmou.

O DIA, Rede GNI