Foragida por estrangular e matar criança em 2010 é presa no interior da Bahia

Uma mulher procurada por estrangular e matar uma criança, de 9 anos, em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio, em 2010, foi presa, nesta quarta-feira, no município de Valente, interior da Bahia. Foragida da Justiça desde 2012, Cleonilde dos Santos Soares, de 44 anos, foi localizada por policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA-RJ) e Policiais Militares do 2º Pelotão do 16º BPM da Bahia, em ação de inteligência entre as duas corporações.


Cleonilde foi julgada pelo assassinato de uma criança de 09 anos de idade, em abril de 2010, após estrangulá-la usando um cipó, em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio. À época, ela teria cometido o crime para ocultar o furto de uma caixa de som da casa onde trabalhava. A foragida foi condenada por homicídio doloso por motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e por ocultação de crime.


A presa estava foragida desde 2012, quando recebeu benefício concedido pela Justiça, que permitia a ela trabalhar fora da unidade prisional. Segundo os investigadores, Cleonilde vivia uma vida pacata no bairro Bom Jardim, em Valente, no interior da Bahia, onde ninguém conhecia o seu passado e pendências com a Justiça no Rio. Apesar do crime cometido, ela trabalhava como babá de crianças na região.


De acordo com a Polícia Civil, a localização de Cleonilde foi obtida após trabalho de inteligência e com suporte de informações recebidas pelo Disque Denúncia. Contra a acusada havia um mandado de prisão por evasão, homicídio qualificado e furto privilegiado, expedidos pela autoridade de Itaboraí, Rio de Janeiro.


A ocorrência foi conduzida para delegacia local na Bahia onde foi tomada todas as medidas cabíveis e cumprido o mandado de prisão.


Leia Também

Operação policial no Rio de Janeiro termina com 11 mortos

Leia Mais

Jovem é tatuada à força com nome de ex-namorado no rosto

Leia Mais

Mulher é esfaqueada e escapa de feminicídio com a ajuda da babá e filhos

Leia Mais