Flamengo tem uma noite horrorosa e empata com a LDU

O Flamengo está classificado para as oitavas de final da Libertadores. Mas a vaga foi confirmada com muito sufoco nesta quarta-feira: Rogério Ceni mandou poupou vários titulares contra a LDU, viu Willian Arão ser expulso ainda no primeiro tempo, sofreu a virada, mas o gol de Gustavo Henrique no fim selou o 2 a 2 no Maracanã, resultado suficiente para garantir a equipe na próxima fase.

Independentemente de escalação alternativa e expulsão no início, o Flamengo teve uma atuação muito ruim no Maracanã. O time de Rogério Ceni deu espaços que não costuma dar, não teve o ímpeto ofensivo que costuma ter e voltou a sofrer com bolas aéreas – foi assim que saíram os dois gols da LDU. O time só esboçou uma superioridade depois da entrada dos titulares (Bruno Henrique, Diego, Arrascaeta…). Aliás, foi o uruguaio que cobrou a falta na cabeça de Gustavo Henrique para garantir o empate.

Aos 14 minutos do primeiro tempo, Willian Arão levantou demais o pé numa dividida, acertou o rosto do jogador adversário e recebeu o cartão vermelho direto. Expulsão correta. Com um a menos, o time se desorganizou, embora tenha chegado ao primeiro gol logo depois numa jogada com méritos para Pedro, que brigou dentro da área até a bola entrar.

Os dois classificados do Grupo G da Libertadores já estão definidos: são Flamengo e Vélez. Resta saber quem vai avançar em primeiro. As duas equipes se enfrentam na última rodada, na quinta-feira que vem, no duelo que vale a liderança da chave. O Flamengo tem 11 pontos e é seguido por Vélez (9) e os eliminados LDU (5) e Unión La Calera (2).

Flamengo e Vélez, portanto, se enfrentam na quinta-feira da semana que vem, às 21h (de Brasília), no Maracanã. Quem vencer se classifica em primeiro lugar – o Flamengo pode até emparar que avança como líder.

GE, Rede GNI