Fiocruz detecta subvariante mais contagiosa da ômicron no Brasil

Uma subvariante ainda mais contagiosa da Ômicron foi identificada no Brasil, pela primeira vez, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A BA.2 é até 33% mais transmissível do que a versão original BA.1 e tem maior capacidade de infectar pessoas já vacinadas contra a covid-19, de acordo com estudos realizados em outros países. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (4/2).

Dados sobre a nova variante estão no último relatório da Rede Genômica, que congrega os laboratórios da Fiocruz que fazem sequenciamento genético. A BA.2 foi encontrada entre 3.739 amostras do vírus recolhidas no período entre 14 e 27 de janeiro.

Segundo o documento da Fiocruz, a variante Ômicron correspondeu a 95,9% dos genomas sequenciados em janeiro de 2022 no Brasil e foi encontrada em todas as regiões do país. Em dezembro, a taxa era de 39,4%.

Luana Patriolino


 

Leia Também

Acredite se quiser: McDonald’s em SP assume que novo McPicanha não tem picanha

Leia Mais

Presa há mais de um mês na Tailândia, mineira ainda não falou com a família

Leia Mais