Filho mata a mãe por ela não aceitar o relacionamento dele com uma trans

Desentendimentos constantes sobre sua vida profissional e amorosa foram os motivos que levaram Lucas Alan de Lucena Nascimento, de 26 anos, a matar a própria mãe, Francisca Dilma de Lucena Nascimento, a facadas, na madrugada desta segunda-feira (7), em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio. Ele foi preso em um motel de Jardim Sulacap, na tarde de ontem. Em depoimento à Delegacia de Homicídio da Capital, o acusado relatou que o relacionamento com a mãe era conturbado desde a infância, mas que, recentemente, vinham discutindo com mais frequência.


No depoimento, ele contou ser graduado em Administração, mas trabalhava como operador de loja em um supermercado, ocupação pela qual recebia R$1,2 mil. Segundo Lucas, Francisca reclamava que mesmo com formação no Ensino Superior, ele não tinha um emprego que lhe rendesse um bom salário.


Um antigo relacionamento do filho com uma mulher transsexual também era motivo de brigas.


Segundo o relato do preso, uma outra namorada, com quem Lucas se relacionou durante apenas um mês no ano passado, descobriu que seu namoro anterior havia sido com uma mulher transsexual, ao mexer em seu celular. Ela então contou para a prima de segundo grau do rapaz, Wedja de Oliveira da Silva, a quem ele considera como tia, que por sua vez contou para Francisca.


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais