Filho de ex-namorada de Jairinho teve o fêmur quebrado pelo vereador

Além de ter voltado atrás e confessado ter sofrido agressões de Dr. Jairinho, quando os dois tinham um relacionamento amoroso, a estudante Débora Melo Saraiva, ex-namorada do vereador, contou nesta sexta-feira à polícia que seu filho foi a uma festa infantil com o padrasto e voltou com uma lesão na perna. O vereador, que foi preso após o assassinato de Henry Borel, de 4 anos, teria dito à ex-companheira que gostaria de sair sozinho com a criança porque, de acordo com o político, sua ex-mulher, a dentista Ana Carolina Netto, não o deixava ver o próprio filho.

“Deixa eu levar ele. Porque a Ana não deixa eu levar o meu filho, não deixa eu ver o meu filho. Deixa eu levar o seu, eu que cuido, eu que sou o pai. Só quero levá-lo para se divertir”, teria lhe dito Jairinho, segundo novo depoimento da estudante na 16ª DP (Barra da Tijuca). Débora então disse que, pouco tempo depois, o vereador ligou dizendo que o menino havia torcido o joelho. Médicos de uma clínica particular da Barra, que examinaram a criança, constataram, no entanto, que ela tinha uma fratura no fêmur. A mãe afirmou ter estranhado o fato de o filho não ter chorado em nenhum momento, mesmo diante da lesão grave.

Paola Serra | Extra, O Globo, Rede GNI