Feridos, baleados e muita confusão na torcida do Palmeiras

ATUALIZAÇÃO As 09h00 de 13/02 | Após correção do corpo de  bombeiros, apenas 1 torcedor foi baleado e nã resistiu aos ferimentos e morreu no domingo (12/02).


Milhares de torcedores lotaram a quadra poliesportiva do Palmeiras, em São Paulo, e ao fim do jogo e com a derrota do time do Palmeiras, uma briga generalizada deixou dezenas de feridos e pelo menos duas pessoas baleadas, uma delas com gravidade precisou de massagem cardíaca.

É um homem não identificado com idade presumível de 30 a 40 anos.

A quadra do Palmeiras fica na Casa Verde e o policiamento não foi capaz de conter a fúria dos milhares de torcedores.

Os torcedores também atacaram os policiais com rojões e pedras que revidaram com balas de borracha e gás lacrimogêneo.

O helicóptero da TV Band flagrou um homem correndo no meio da multidão e atirando contra os torcedores.

A polícia militar informou a nossa redação que este homem foi preso, mas até o fechamento desta reportagem a sua identidade não foi confirmada.

O Samu esta atendendo diversas vítimas.

Da Redação


REPORTAGEM DO GE | Um homem foi baleado em uma briga entre torcedores do Palmeiras, neste sábado, na rua Palestra Itália, em frente ao Allianz Parque, após a derrota do time para o Chelsea, na final do Mundial de Clubes, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

A informação foi confirmada pelo major Marcos Palumbo, em entrevista à TV Bandeirantes.

Os arredores do Allianz Parque viveram momentos de confronto entre torcedores e a Polícia Miliar do Estado de São Paulo. No vídeo acima, é possível ver palmeirenses correndo para se afastar da confusão.

Segundo relatos, bombas de gás de pimenta foram lançadas pela Polícia. Após a ação, a maioria dos torcedores subiram as ruas se afastando da confusão. Pequenos confrontos entre torcedores também foram registrados.

Em imagens da TV Bandeirantes, é possível ver um homem correndo com uma arma na mão sendo perseguido por torcedores. Segundo o Capitão Bonifácio, da Polícia Militar, o cidadão armado foi preso.


REPORTAGEM O GLOBO | Após a derrota do Palmeiras para o Chelsea, por 2 a 1, na final do Mundial de Clubes neste sábado (12), a situação ficou tensa nas proximidades do Allianz Parque, na Zona Oeste da capital paulista.

Segundo a Polícia Militar, um homem foi baleado na Rua Palestra Itália e atingido na região do tórax. Seu estado de saúde é considerado grave e ele foi encaminhado ao Hospital das Clínicas. Outro homem, que atirou na vítima, foi detido.

Ainda não há informações sobre o que provocou a confusão.

A cavalaria da Polícia Militar (PM) e agentes com escudos agiram para dispersar os torcedores que se concentravam na região com bombas de efeito moral e balas de borracha. Houve correria do grupo para as ruas próximas.


Atirador no meio da multidão | Flagrante do helicóptero da TV Band

Após fim de jogo entre Chelsea e Palmeiras no Qatar, situação fica tensa nos arredores do Allianz Parque — Foto: TV Globo


Ambulâncias do Samu no entorno do Allianz Parque na tarde deste sábado; uma pessoa foi baleada — Foto: TV Globo


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Fluminense vence o Atlético-MG no Maracanã em noite de oito gols

Leia Mais