Ex-namorado de jovem morta a tiros é apreendido e confessa o crime

O ex-namorado da jovem Juliana Fernandes Cândido, morta a tiros em Pindamonhangaba (SP), foi apreendido na noite de sexta-feira (20) pela Polícia Civil e confessou o crime.

O crime foi registrado por uma câmera de segurança e mostra que Juliana Fernandes Cândido havia saído da aula e estava entrando no carro dirigido pelo pai dela quando foi surpreendida por um homem que atirou nela pelas costas.

O adolescente, de 17 anos, já era apontado como principal suspeito pelo assassinato da jovem, de 19 anos. De acordo com o delegado Horácio Campos, da Delegacia de Investigações Criminais (Deic) de Taubaté, a investigação descobriu que ele contou com a ajuda de parentes para fugir.

O carro em que ele estava seguiu para o Litoral Norte paulista, passou por Ubatuba, Caraguatatuba e depois foi em direção a São José dos Campos, onde ele foi apreendido em um cerco policial.

“Trazido às dependências da Deic Taubaté, ele acabou confessando a prática delitiva imediatamente. Ele alegou em suas afirmações que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima, porém, ele soube que ela havia o traído. Inconformado com essa atitude, ele acabou lançando mão de uma arma de fogo”, disse o delegado.

Ele foi apreendido e vai responder por flagrante por ato infracional análogo a homicídio. A operação de buscas por ele mobilizou cerca de 50 policiais civis de Taubaté e Pindamonhangaba.

A investigação vai apurar onde está a arma do crime e como ela foi adquirida pelo adolescente.

 Laurene Santos, g1 Vale do Paraíba e região


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais