Esquema de corrupção é descoberto nos bastidores da Jovem Pan

A alta cúpula da Jovem Pan News iniciou um processo de caça às bruxas após descobrir um esquema interno de corrupção, no qual alguns poucos funcionários encontraram uma maneira de desviar verbas de investimentos na estrutura do canal para seus próprios bolsos. Nomes grandes foram deflagrados e o clima está pesadíssimo por lá.

A coluna conversou com alguns funcionários, que nos pediram sigilo sobre suas identidades, e disseram que até mesmo um integrante do time executivo foi pego no esquema e acabou demitido na última semana sem se despedir de ninguém. Apenas saiu dos grupos de WhatsApp e não apareceu mais na emissora.

Uma das maneiras encontradas para desviar o dinheiro da Jovem Pan foi a famosa rachadinha.

O esquema, segundo os relatos das fontes, funcionava assim: um funcionário era contratado em esquema de PJ por um salário, mas não o recebia na totalidade. Por exemplo, se um empregado ganhasse R$ 3 mil, apenas R$ 2 mil ficava efetivamente com ele. A outra parte, de alguma maneira, era desviada.

Outro fator deflagrado na investigação envolvia a compra de um grande equipamento técnico, algo que estima-se ter um custo de R$ 100 mil. O dinheiro foi liberado, mas em vez dos responsáveis efetuarem a compra, optaram por alugar e fizeram um contrato de um ano com a empresa locadora, por um valor bastante inferior. O excedente acabou desviado e embolsado pelo grupo.

O caso caiu como uma bomba na Jovem Pan News e existiu um grande esforço para evitar que os detalhes vazassem. Até onde soube, os desvios eram praticados em outras frentes, mas a coluna não teve acesso aos demais detalhes.

Reportagem de Gabriel Perline | Portal IG

error: CONTEÚDO PROTEGIDO