Divulgadas as últimas palavras de diretora morta acidentalmente em set de filme

Morta aos 42 anos por disparo feito pelo ator Alec Baldwin nos ensaios do filme “Rust”, a diretora de fotografia Halyna Hutchins, antes de falecer, reagiu com bom-humor à situação adversa, segundo o jornal Los Angeles Times. Nesta segunda-feira, foram revelados os diálogos ditos nos sets de filmagens durante os momentos de tensão.

Momentos antes do disparo, Alec Baldwin estava se preparando para a cena, que seria gravada dentro de uma igreja. No ensaio, ele estava checando se a câmera estava no ângulo correto.


“Então, acho que eu pegaria isso [a arma], puxaria o gatilho e ‘Bang’”, teria dito Alec Baldwin no momento que atirou em direção a uma câmera enquanto ensaiava para a cena que seria gravada dentro de uma igreja. Ele checava se a câmera estava no ângulo correto, mas não esperava que a arma estivesse carregada com munição de verdade e que atingiria Halyna.


“Isso não foi bom. Não foi nada bom”, disse ela após sentir o disparo, revelou o jornal americano. Nesse momento, segundo relatos, Halyna tropeçou para trás e caiu nos braços de alguém da equipe e do diretor Joel Souza, a segunda pessoa atingida pelo disparo. “Que merda foi essa? Isso está queimando”, teria reclamado Joel.


Por sua vez, o ator Alec Baldwin, responsável pelo disparo acidental, teria se surpreendido com o imbróglio. “O que diabos está acontecendo?”, teria dito, enquanto outra pessoa da equipe gritava para que um médico socorresse a diretora de fotografia, que faleceu momentos depois.


“Ela era minha amiga”


O DIA