Daniel Silveira é preso de novo após violações da tornozeleira eletrônica

deputado federal Daniel Silveira foi preso nesta quinta-feira (24), em Petrópolis, no Rio de Janeiro, por (supostamente *grifo nosso) desrespeitar o uso de tornozeleira eletrônica por cerca de 30 vezes.

A informação foi antecipada pelo colunista Valdo Cruz, da GloboNews. Ele apurou ainda que o celular do deputado foi apreendido, mas ele se negou a dar a senha para os agentes.

O deputado havia sido preso em fevereiro por ataques aos ministros do Supremo Tribunal Federal e, desde o meio de março, autorizado a cumprir prisão domiciliar.

A decisão desta quinta é do ministro Alexandre de Moraes, do STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Na decisão, o ministro cita um “total desprezo pela Justiça”.

Marco Antônio Martins, G1 Rio e GloboNews


Edição Micaela Noronha | Rede GNI