Covardia: Homem espanca uma motorista de aplicativo em Minas Gerais

Uma motorista de aplicativo de 44 anos disse ter sido agredida na noite deste domingo (28) enquanto trabalhava. O caso ocorreu na Rua Jundiaí, no bairro Concórdia, na Região Nordeste de Belo Horizonte.

A condutora, Janaína Gomes, contou que recebeu uma chamada para uma viagem que teria uma parada. Três passageiras já estavam no carro e pediram para receber mais uma.

No entanto, a motorista negou o pedido e explicou que não é permitido viajar com quatro passageiros no veículo. Uma das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19 orienta que o banco da frente dos veículos de transporte por aplicativo fiquem livres para que o distanciamento seguro seja respeitado.

Durante a parada, a mãe de uma das passageiras se irritou com o fato de a motorista não permitir mais uma pessoa no veículo e a agrediu com um tapa no rosto, dando início à confusão.

“Tenho só esse meio de trabalho e ainda agem com gente assim”, disse Janaína.

Segundo o registro da Polícia Militar (PM), outras pessoas que estavam em um bar próximo presenciaram o ocorrido e agarraram a motorista pelo pescoço. Um amigo da vítima chegou ao local e a protegeu de mais agressões.

Já a mãe da passageira contou aos policiais que a motorista estava alterada e que pegou uma garrafa e um cabo de vassoura para agredi-la. Disse, ainda, que a condutora se machucou sozinha quando se desequilibrou e caiu no chão.

De acordo com a PM, um homem foi preso.

Jordânia Andrade, g1 Minas — Belo Horizonte

error: CONTEÚDO PROTEGIDO