Covardia extrema: Americana mata o marido deficiente físico com 140 facadas

Uma mulher de 61 anos foi presa em Palm Springs (Flórida, EUA) acusada de matar o marido com 140 facadas. O corpo de Melvin Weller, de 62 anos, foi encontrado pelo filho da mulher, Ricardo Anthony Green, de 41.

Joan Burke foi presa em 11 de fevereiro. Ela estava deitada em uma cama quando agentes chegaram à sua casa. A Justiça determinou que a presa passe por avaliação psicológica.

Em audiência por teleconferência, Joan não revelou o motivo do crime. Ela não teve direito ao pagamento de fiança.

Melvin era deficiente físico, contou a família. De acordo com a autópsia, a vítima sofreu um forte golpe na cabeça com um cutelo, informou emissora afiliada da rede CBS. Depois, Joan começou a série de facadas.

Fernando Moreira


 

Leia Também

Morre o prefeito de Pedro Juan Caballero, após ser vítima de um atentado

Leia Mais

Madrasta ‘ficou rindo’ ao servir mais feijão envenenado ao enteado

Leia Mais

Suspeita de tráfico morre em troca de tiros com a PM

Leia Mais