Com um final bastante emocionante, Verstappen vence Hamilton no GP da França

Depois de perder a liderança por um erro na largada, Max Verstappen conseguiu se recuperar para vencer o GP da França e garantir seu terceiro triunfo no campeonato 2021 da Fórmula 1. O holandês da RBR, parando duas vezes, ultrapassou Lewis Hamilton a duas voltas para o fim da prova, sem chance de defesa do heptacampeão. Sergio Pérez, companheiro de Verstappen, deixou Valtteri Bottas para trás nos últimos giros para garantir a terceira colocação, completando o pódio.

As posições mudaram nos primeiros metros da prova; largando da pole position, Verstappen errou na curva 2 e saiu da pista e Hamilton, em segundo deu o bote, assumindo a liderança e abrindo uma vantagem confortável sobre o rival até a primeira rodada de pit stops. Na troca dos pneus médios pelos duros, o britânico não conseguiu voltar na frente do piloto da RBR e viu o holandês virar o jogo – assumindo a segunda colocação e depois voltando pra ponta quando Pérez parou.

Uma segunda parada da RBR colocou a Mercedes em uma situação complicada, apesar de devolver a primeira colocação para Hamilton. Com pneus médios, Verstappen caiu para terceiro, mas não demorou a passar Pérez e posteriormente Bottas, encurralando Hamilton, com pneus duros mais gastos e sem tempo para uma segunda troca, na segunda colocação. Reduzindo a desvantagem a cada volta, Max conseguiu usar a asa móvel a duas voltas pro fim da prova.

A vitória ampliou a vantagem do líder Verstappen sobre Hamilton no campeonato de pilotos; o holandês soma 131 pontos contra 119 do rival, 12 a mais. Pérez também assegurou sua permanência na terceira colocação, com 84 pontos – oito a mais que Lando Norris, em quarto. Bottas fecha as cinco primeiras posições, com 59. No Mundial de Equipes, a RBR, também líder, aumentou a diferença sobre a vice-líder Mercedes de 26 para 37 pontos, anotando 215 pontos.

GE, Edição | Matheus Costa | Rede GNI