Brasil vence a Colombia com um gol irregular

O Brasil sofreu para furar o bloqueio defensivo da Colômbia, mas conquistou a vitória por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em partida válida pela quarta rodada do Grupo B da Copa América.

Após Luis Díaz abrir o placar no começo do confronto com um golaço de voleio, mesmo com ampla posse de bola, a Seleção só conseguiu buscar o empate aos 32 do segundo tempo, com gol de Firmino, que saiu do banco.

Porém, quando o empate parecia encaminhado, Neymar cobrou escanteio na área e Casemiro mandou para o gol de cabeça, no apagar das luzes. O resultado fez a seleção brasileira chegar ao décimo triunfo consecutivo.

Gol Irregular

Aos 32 minutos do segundo tempo, Renan Lodi cruzou para a área, Firmino se livrou da marcação e empatou o jogo para o Brasil em falha do goleiro Ospina.

Porém, no início da jogada, a bola bateu no árbitro e desviou em favor do Brasil, e mandou o jogo seguir por entender que o lance não foi comprometido pelo toque.

Os jogadores da Colômbia ficaram desesperados e reclamaram muito pedindo a anulação do gol.

Nesse momento a Colombia vencia por 1×0.

O jogo ficou paralisado por quase oito minutos.

Após análise do ‘VAR-SIL’, o gol foi confirmado, para a revolta dos colombianos.

Por conta do lance, o jornal “Olé” provocou a seleção brasileira e disse que o Brasil foi ajudado por Nestor Pitana, árbitro argentino. “Voltou o VAR-sil” era a manchete do site minutos depois da vitória de virada do Brasil sobre a Colômbia.

Com a vitória, o Brasil chegou aos nove pontos e garantiu a primeira posição do Grupo B da Copa América. Com quatro pontos e um jogo a mais, a Colômbia está em segundo.

A Seleção volta a campo no próximo domingo, para enfrentar o Equador, às 18h, no Olímpico, pela última rodada da fase de grupos. A Colômbia, por outro lado, estará de folga e aguardará o desfecho da chave.

Matheus Costa | Rede GNI