Bombeiros retomam buscas por desaparecidos na tragédia de Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais retomou as buscas por desaparecidos na tragédia da Vale, em Brumadinho, na manhã desta quarta-feira (12). Ao todo, 270 pessoas morreram, sendo que 11 ainda não foram encontradas.

A barragem B1 da Mina Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro de 2019.

Segundo os bombeiros, até março de 2021, 3.913 militares já atuaram, em revezamento, em atividades de campo, coordenação e de saúde em Brumadinho. Na retomada, as buscas contarão com quatro estações na área onde antes funcionava o Terminal de Carga Ferroviária da mineradora.

De acordo com a corporação, a operação continuará “seguindo os protocolos sanitários em execução desde o ano passado”. As buscas haviam sido suspensas no dia 17 de maio, quando o estado entrou na Onda Roxa de restrições do plano Minas Consciente. Foi a segunda vez que a pandemia interrompeu os trabalhos dos bombeiros em Brumadinho.

G1, Rede GNI