Bolsonaro reconhece que voto auditável pode ser derrotado na Câmara

O presidente Jair Bolsonaro, com calma e serenidade, avaliou nesta segunda-feira, 09/08, que a proposta de emenda constitucional do voto auditável pode ser derrotada no plenário da Câmara caso não haja negociação e acordo.

Micaela Noronha | Rede GNI