Bebê de 10 meses que desapareceu é achado morto

Atualizado as 17h00 | Foi encontrado na tarde desta terça-feira (15) o corpo de Benjamin, o bebê de 10 meses que desapareceu após uma barreira atingir a casa em que ele e os pais moravam na Chã da Jaqueira, em Maceió, durante a madrugada.

Cristiane Rodrigues da Silva, de 35 anos, estava com o filho no colo quando a casa foi atingida. O volume de terra acabou arremessando os dois em um córrego e ela não conseguiu segurar o bebê, que foi levado pela enxurrada.

O corpo foi encontrado soterrado dentro do córrego, ainda perto da casa da família. Vizinhos e militares do Corpo de Bombeiros faziam as buscas.

O pai, Anderson da Silva, de 35 anos, também ficou ferido. O casal foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde deles é estável.

Segundo o boletim médico, o pai teve ferimentos superficiais e fissura na perna esquerda. A mãe teve ferimentos pelo corpo e precisou de suturas na cabeça e no ombro direito.

A queda da barreira aconteceu durante as fortes chuvas que caem desde a madrugada na capital alagoana e que vêm provocando alagamentos e deslizamento em vários pontos da cidade.

Em menos de 24 horas, choveu mais de 100 milímetros em alguns pontos de Maceió, cerca de 25% do esperado para todo o mês. A previsão para Alagoas é de chuva forte durante toda a semana.

Roberta Batista e Ragi Torres, G1 AL e TV Gazet


Entenda a história

Equipes do Corpo de Bombeiros estão a procura de um bebê de 10 meses que está desaparecido desde o início da manhã desta terça-feira (15) após deslizamento de barreira na Grota Santa Helena, na Chã da Jaqueira, em Maceió.

Três viaturas foram enviadas para ajudar nas buscas. Uma equipe da Defesa Civil também está no local para prestar auxílio.

Vizinhos da família estão no local e ajudam nas buscas.

A queda da barreira aconteceu após as fortes chuvas que caem desde a madrugada na capital alagoana, e que vêm provocando alagamentos e deslizamento em vários pontos da cidade.

G1