Atlético Mineiro é Campeão Brasileiro; O Bicampeonato veio de virada

O Atlético Mineiro é Campeão Brasileiro de Futebol na Série A em 2021, depois de uma espera de 50 anos;

Em uma partida dramática, o time comandado por Cuca venceu o Bahia de virada por 3×2, dentro da Fonte Nova.

É o bicampeonato  do Galo mineiro, pois foi  o primeiro campeão do campeonato brasileiro em 1971.

Depois de 50 anos, o Galo chegou ao título nacional nesta quinta-feira, ao bater o Bahia de virada na Arena Fonte Nova: 3 a 2.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Tricolor baiano chegou a abrir 2 a 0 na segunda etapa, gols de Luiz Otávio e Gilberto, mas viu o time mineiro virar em apenas seis minutos: Hulk fez de pênalti e Keno deixou mais dois – golaços, diga-se de passagem.

Com a vitória, o Atlético-MG chega aos 81 pontos e não corre mais risco de ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 11 pontos a menos.

O Bahia, por outro lado, segue amargando a zona de rebaixamento: é o 17º, com 40 pontos.

Teve torcida infiltrada

Desde a manhã desta quinta-feira, torcedores do Atlético-MG marcavam presença nas bilheterias da Arena Fonte Nova. Durante a partida, foi possível ver diversos atleticanos vestindo camisas neutras nas arquibancadas; na hora dos gols, no entanto, não houve disfarce. Muitos torcedores comemoraram, sem constrangimento, o título do Galo.

É CAMPEÃO DEPOIS DE 50 ANOS

O grito de “é campeão” saiu definitivamente, a plenos pulmões, da garganta do torcedor do Atlético-MG. Depois vencer o campeonato de 1971 (o primeiro nomeado “Campeonato Brasileiro), há 50 anos, o Galo volta ao topo do futebol nacional para erguer a sonhada e tão esperada taça do Brasileirão.

A conquista foi concretizada nesta quinta, com a vitória sobre o Bahia, em jogo adiado da 32ª rodada da competição.

O triunfo de virada, na Fonte Nova, fez o Alvinegro chegar a 81 pontos na tabela, 11 a mais que o Flamengo, segundo colocado, que tem 70. O time carioca pode atingir, no máximo, 79 pontos, pois ainda disputa três jogos no campeonato.

São números imponentes do Atlético para conquistar o Brasileiro: 25 vitórias em 36 rodadas. Apenas cinco derrotas. A equação força ofensiva e segurança defensiva foi alicerce do trabalho do técnico Cuca. O time marcou 57 gols e sofreu apenas 25.

Uma equipe sólida, mas também estruturada com grandes individualidades. A principal delas: Hulk. Depois de 16 anos no exterior, o atacante paraibano voltou ao futebol brasileiro, onde teve passagem relâmpago no começo da carreira.

A desconfiança inicial foi desmontada com gols e assistências. É o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 17 gols. É o goleador maior do Galo na temporada, com 32.

Edição: Léo Vilhena | Rede GNI


(Foto: Jhony Pinho/AGIF) GLOBO.COM

error: CONTEÚDO PROTEGIDO