Após esconder-se da justiça por 8 anos, Fiuk é citado em processo criminal

Sabe o processo que um garçom move contra Fiuk desde 2014? É que o ator acusou o funcionário de ter furtado o telefone celular dele do quarto do Hotel sheraton  em que estava hospedado.

O ator, enfim, se apresentou à Justiça após várias tentativas de citação sem sucesso.

Na ação, que deve ser julgada por videoconferência, o garçom pede R$ 30 mil de indenização moral por ter sido acusado injustamente.

Foi assim: em outubro de 2011, o garçom Marco Antônio Conrado dos Santos foi chamado ao quarto de Fiuk para requentar uma comida e retirar um carrinho com louça suja.

O garçom afirma que, horas depois, o ator o teria acusado, na recepção do hotel, pelo furto do aparelho.

A polícia não encontrou o telefone do ator em revista aos pertences do garçom.

Com informações de Ana Cláudia Guimarães de O Globo

Leia Também

Os 50 melhores filmes de todos os tempos

Leia Mais

Amber Heard é acusada de ter forjado foto de agressão de Johnny Depp

Leia Mais