Após eliminação na Libertadores, desembarque do Fluminense tem briga no Galeão

Uma confusão generalizada marcou o desembarque do elenco do Fluminense no Aeroporto do Galeão, na madrugada desta quinta-feira. Um grupo de cerca de 20 torcedores e os seguranças que faziam a escolta do elenco se envolveram em briga após cobranças mais pesadas a jogadores e dirigentes.

O Fluminense perdeu para o Olimpia por 2 a 0 no Defensores del Chaco, no Paraguai, e deu adeus ao sonho de disputar a fase de grupos da Libertadores após derrota nos pênaltis. Na chegada do elenco ao Rio, o grupo de torcedores mostrou indignação com as atuações recentes da equipe, que perdeu uma invencibilidade de 13 jogos no Paraguai.

O presidente Mário Bittencourt, que já havia sido alvo de torcedores no fim da semana passada ao confirmar a venda de Luiz Henrique, voltou a ser o principal alvo das cobranças — chegou a ter o carro encurralado. Depois que a confusão se acalmou no saguão do aeroporto, o técnico Abel Braga chegou a parar para conversar com os torcedores.

O Fluminense volta a campo nesta segunda-feira. A equipe enfrenta o Botafogo, pelo primeiro jogo das semifinais do Campeonato Carioca. O jogo está marcada para as 20h, no Nilton Santos.


 

Leia Também

Flamengo define demissão de Paulo Sousa

Leia Mais

Argentina vence a Itália e é Campeã no palco sagrado de Wembley

Leia Mais

Real Madrid vence Liverpool e conquista a Liga dos Campeões

Leia Mais