A demência da Esquerda na compra da Covaxin

Na manhã deste sábado, respondendo a uma seguidora no Twitter, eu disse para ela uma frase que ‘explodiu’ dentro do meu peito e depois me deixou assertivo e introspectivo.

Eu disse exatamente assim para ela:


 


E cheguei até mesmo a tuítar a mesma resposta.

O que eu estou querendo afirmar com essa frase?

Depois de acompanhar a tosca participação dos irmãos Miranda na CPI da Covid-19, na tarde/noite de ontem, 25/06, depois de assistir a gritos, berros, ilações e suposições, algumas reflexões nasceram dentro de mim:

1 – O Servidor Luís Miranda estava mais perdido do que pinto no lixo. Ficou absurdamente claro que colocaram ele dentro de uma ‘estória ou narrativa’, como você queira denominar, mas na verdade ele nem sabia por que estava ali. Com um olhar confuso, voz trôpega e expressão corporal acuada, até uma pessoa que não entende de psicologia percebeu que ele estava pedindo socorro. No final do dia, lá pelas 20 horas, o Senador Omar Aziz afirmou que ele estava apenas cansado… Sei…

2 – Ficou claro que o Deputado Federal Luís Miranda é um traidor, e ponto final;

3 – Que não houve corrupção no ‘Invoice’ (compra) da Vacina indiana Covaxin;

4 – Que o Senador Marcos Rogério exterminou a farsa em apenas 25 minutos de exposição (não queriam deixar ele falar)… Seguramente é o melhor Senador da República, inteligente, sensato, ponderado, culto, sagaz, sútil e educado… #MarcosRogerioParaPresidente… Depois do Bolsonaro;

5 – Que a narrativa de que vão ingressar no STF por Crime de Peculato contra o Presidente Jair Messias Bolsonaro é mais uma atitude desesperada da Esquerda tentando tirar do poder o melhor presidente que o Brasil já teve em sua história recente… Não vai dar em nada por que não houve crime algum;

6 – As Forças Armadas precisam começar a se manifestar em favor da defesa da Democracia e da Constituição;

E para terminar e chegando a uma conclusão inequívoca (pleonásmo proposital):

7 – A Esquerda sofre de demência…

Fui claro?

Léo Vilhena | Rede GNI
Comentarista Político