Caso de feminicídio chocou o Reino Unido

polícia britânica de Londres confirmou na sexta-feira que identificou o corpo de Sarah Everard, de 33 anos, cujo desaparecimento provocou uma onda de indignação nas redes sociais de mulheres compartilhando suas próprias experiências de agressão e assédio sexual.

A executiva de marketing de 33 anos desapareceu enquanto voltava para casa no sul de Londres na semana passada. A Polícia Metropolitana descobriu os restos mortais em uma área de floresta perto de Ashford, Kent, na quarta-feira, depois que o oficial Wayne Couzens, 48, foi preso sob suspeita de sequestro e assassinato. O oficial permanece sob custódia, sob suspeita do sequestro e assassinato de Everard.

“Agora posso confirmar que é o corpo de Sarah Everard”, disse Nick Ephgrave, Comissário Assistente da Polícia Metropolitana. Seus restos mortais foram encontrados a mais de 80 km de onde ela foi vista pela última vez.