Randolfe Rodrigues apresenta requerimento para convocar o Presidente do Brasil na CPI

Em uma atitude sem precedentes, impensada e que pode causar sérias consequências para muitos senadores investigados pelo Ministério Público, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou nesta Quarta-Feira, 26/05, um requerimento na CPI da Covid para convocar o presidente Jair Bolsonaro, na condição de testemunha.

E qual é o ‘mantra’ dessa CPI? Na visão dos senadores Omar Aziz, Randolfe Rodrigues e Renan Calheiros, se uma testemunha mentir, receberá voz de prisão.

Uma insanidade e um total absurdo e de consequencias imprevisíveis.

Segundo Randolfe, é preciso que Bolsonaro explique os “graves fatos” que contribuíram para mais de 450 mil mortes em decorrência da pandemia no Brasil. Para que ele seja convocado, é preciso que a comissão aprove o requerimento, mas vários senadores mais moderados, entendem que a CPI não pode convocar o presidente da República.

Até hoje, nenhum presidente foi chamado para falar numa CPI.

O Senador Randolfe perdeu a noção da realidade.

Léo Vilhena | Rede GNI