RedeGNI

Global News International

Artigo de OpiniãoDestaqueEUAInternacionalManchetePolíticaRede GNIThehotsporlando

Democracia: a Suprema Corte dos Estados Unidos da America

U.S. Supreme Court justices pose for their group portrait at the Supreme Court in Washington, U.S., October 7, 2022. Seated (L-R): Justices Sonia Sotomayor, Clarence Thomas, Chief Justice John G. Roberts, Jr., Samuel A. Alito, Jr. and Elena Kagan. Standing (L-R): Justices Amy Coney Barrett, Neil M. Gorsuch, Brett M. Kavanaugh and Ketanji Brown Jackson. REUTERS/Evelyn Hockstein/File Photo

A verdadeira guardiã da Constituição, que mostra ao mundo que não existe para agradar a facçoes ou egos de esquerda ou direita, mas sim salvaguardar o que de mais precioso existe, A Lei, o direito e a ordem.

Não há como mascarar esses dever. Não há como desvirtuar as obrigações ou criar novos métodos. Ela é uma Fortaleza, incorruptível, e indisolúvel. Sempre Leal aos princípios de nossos pais fundadores (founding fathers)protegem os princípios fundamentais de nosso país, liberdade de expressão, direito de defesa, direito de ter armas, direito a defesa, direito de ir e vir, direito de religiosidade e direito a vida.

‘In God’s we Trust’ está marcado em nosso dinheiro, pois a Deus devemos tudo, e sob sua divina graça nascemos e damos nosso último suspiro. Não hhá nesse mundo, nada que mude isso, está escrito e assim será por todos os tempos.

Não podemos reconhecer uma Suprema Corte que elege, que prende, que julga e sentencia. Isso não é Democracia e sim perversão de poderes. Verdadeiros cidadões, sabem a importância desse perfil. Deus acima de tudo e de todos. Qualquer coisa que diga o contrário é uma aberração.

Laiz Rodrigues
RedeGNI
The Hotspotorlando News