RedeGNI

Global News International

F1

Fórmula 1: Max Verstappen vence o GP de Las Vegas 2023

Mais uma vez, Max Verstappen provou que é o maior piloto da atualidade, superando as Ferraris e mesmo com uma punição de 5s.

Cumpriu a punição e engoliu todos as sua frente, para vencer o GP de Las Vegas de Fórmula 1, na madrugada deste domingo(19).

O piloto da Ferrari, porém, evitou uma dobradinha da RBR na última volta ao ultrapassar Sergio Pérez, vice-campeão mundial de 2023 e terceiro colocado após largar em 11º.

Essa foi a 18ª vitória de Verstappen na temporada 2023, que já é a mais dominante da história com a proporção de triunfos em quase 86% de todo o calendário.

A conquista 53 de sua carreira fez o tricampeão igualar o tetracampeão Sebastian Vettel como terceiro maior vencedor de todos tempos.

Verstappen herdou a liderança da corrida ainda na largada, mas foi punido com 5s por empurrar o pole position Leclerc para fora da pista.

Cedendo a posição ao rival na volta 16 e cumprindo sua sanção, ele passou 21 voltas longe da briga pelo primeiro lugar.

No entanto, algumas ultrapassagens e a superioridade do conjunto máquina e homem formado pela RBR e Verstappen alçaram o tricampeão ao top 3 e, depois, à briga pela liderança, que recuperou na volta 37. Durante sua ausência, foi seu colega Pérez quem fez frente a Leclerc.

A corrida ainda começou com uma forte batida de Lando Norris na volta 4. A McLaren optou por encaminhar seu piloto para o Centro Médico Universitário de Las Vegas depois de avaliações preliminares no centro médico do Circuito de Las Vegas. Ele já foi liberado do hospital.

Com a vitória, Verstappen vai a 549 pontos no campeonato de pilotos, e Pérez já garante a conquista de seu inédito vice-campeonato, chegando a 273 pontos contra 232 de Lewis Hamilton – com só 26 pontos ainda em jogo na temporada. No Mundial de construtores, a RBR soma 822 pontos enquanto a vice-líder Mercedes, com 293, vê a Ferrari aproximar-se com só quatro a menos no terceiro lugar.

Resultado

  1. Max Verstappen (RBR)
  2. Charles Leclerc (Ferrari)
  3. Sergio Pérez (RBR)
  4. Esteban Ocon (Alpine)
  5. Lance Stroll (Aston Martin)
  6. Carlos Sainz (Ferrari)
  7. Lewis Hamilton (Mercedes)
  8. George Russell (Mercedes)
  9. Fernando Alonso (Aston Martin)
  10. Oscar Piastri (McLaren)
  11. Pierre Gasly (Alpine)
  12. Alexander Albon (Williams)
  13. Kevin Magnussen (Haas)
  14. Daniel Ricciardo (AlphaTauri)
  15. Guanyu Zhou (Alfa Romeo)
  16. Logan Sargeant (Williams)
  17. Valtteri Bottas (Alfa Romeo)
    Yuki Tsunoda (AlphaTauri) – ABANDONOU
    Nico Hulkenberg (Haas) – ABANDONOU
    Lando Norris (McLaren) – ABANDONOU.

GE/GNI