RedeGNI

Global News International

Brasil

Pedófilo é flagrado estuprando sobrinha de 11 anos, é espancado por familiares e preso

Um homem de 57 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar a afilhada de 11 anos em Itapoá, no Litoral Norte catarinense. Segundo a Polícia Civil, familiares flagraram o ato, na segunda-feira (20), e espancaram o homem. Ele é suspeito de abusar sexualmente de outra afilhada da mesma idade.

O suspeito está sob custódia de policiais em um hospital de Joinville, na mesma região. Segundo o delegado Eduardo Defaveri, nesta terça-feira (21), o pedido de prisão preventiva foi aceito pela Justiça.

A investigação também constatou que o suspeito fazia videochamadas com com as vítimas e pedia vídeos de cunho sexual para elas.

De acordo com o investigador, o homem foi casado por 22 anos com uma tia das meninas.

Como o casal havia se separado, o homem estava morando em Laguna, no Sul do estado. O delegado conta, porém, que o suspeito insistiu para passar o Carnaval junto dos familiares da ex- companheira, em Itapoá.

Flagrante

Na tarde de segunda-feira, de acordo com Defaveri, o homem foi flagrado pela ex-sogra, avó das meninas, se masturbando em frente a uma delas. Ela chamou os familiares que estavam na casa. Após uma discussão, o homem partiu pra cima dos que estavam no local.

Vizinhos entraram na briga assim que ouviram o homem ser chamado de “estuprador”. Ele começou a ser agredido. A Polícia Militar foi acionada.

“Ele tentou explicar para a ex-esposa que nunca tinha transado com elas, mas em nenhum momento negou os outros atos libidinosos, que também configuram estupro de vulnerável”, informou o delegado.

Sofia Mayer e Sabrina Quariniri, g1 SC e NSC