RedeGNI

Global News International

Manchete

A verdade está chegando: Daniel Alves admite sexo com a mulher

Reportagem do jornal “El Periodico”, de Barcelona, afirma que o lateral-direito Daniel Alves, em depoimento ao Tribunal de Justiça da cidade, mudou sua versão sobre o ocorrido em uma boate no dia 30 de dezembro. Acusado de agressão sexual, o jogador disse ter tido relação sexual consensual com a mulher. Entretanto, na primeira manifestação sobre o caso, alegou desconhecê-la.

A contradição pesou contra o brasileiro, que saiu do depoimento diretamente para prisão. Ele seguirá detido até a realização de julgamento.

Depois que o caso veio à tona, Daniel Alves postou pronunciamento nas redes sociais no último dia 5. Ele não apenas negou qualquer crime como afirmou não conhecer a responsável pela acusação.

“Gostaria de desmentir tudo. Sim, eu estava naquele lugar, com mais gente, curtindo. E quem me conhece sabe que eu amo dançar. Eu estava dançando e curtindo sem invadir o espaço dos outros. Quando você decide ir ao banheiro, não tem que perguntar quem está no banheiro. Eu não sei quem é essa senhora. Não sei seu nome, não a conheço, nunca a vi na minha vida. Nunca invadi o espaço de alguém sem autorização. Como vou fazer isso com uma mulher ou uma menina? Não, por Deus…”, disse à época.

De acordo com a imprensa de Barcelona que acompanha o caso, existem fortes indícios contra Daniel Alves, acusado também de agressão. A prisão foi decretada pela Justiça da Espanha imediatamente depois do depoimento por causa do risco de o jogador fugir.

Agências Internacionais de Notícias
Edição: Léo Vilhena | Rede GNI